SatClube Fórum Patrocinado Por



Responder tópico
Seu Estado (ou Região) é 220 Volts Fase-Neutro ?
Você está no fórum Satélite
Pág. Anterior  1, 2, 3

HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #41
12/04/2017, 22:38

digital_scientist escreveu:
Almeidão escreveu:
Eu discordo plenamente, no caso de ser 220 pagar a metade, o mundo seria tudo 220, mas o preço seria o mesmo de 127 Principalmente aqui no Brasil. kakkakkakak

Bem, vamos aproveitar e perguntar. Qual é o aumento real de consumo em um transformador de 127 para 220?
Tenho isto na minha casa no ar condicionado e digamos que em 30 dias usando o ar, aumenta lá R$ 200,00 na energia. Quanto seria mais ou menos se eu tivesse duas fases e assim fazer 220?

Obrigado


Essa estória de 110 "gastar" mais que 220 é um grande mito, ou uma irrealidade...

- A verdade verdadeira mesmo é que, num imóvel novo ou aquele em que será refeito o sistema elétrico, é mais interessante optar pelos 220V pois nessa diferença de potencial podemos usar fios com bitolas menores, disjuntores de menor corrente, o que de fato economiza e muito ao montar esse sistema elétrico.

- A amperagem não influencia no consumo de energia senhores! O que favorece ou não o consumo é a potência dissipada pelo aparelho ligado na rede, sendo diretamente proporcional ao consumo, ou seja, quanto maior a potência, maior será o consumo.

- Um chuveiro elétrico com potência de 7.000W terá consumo igual se ligado nos 110 quanto em 220V na conta mensal. A diferença na prática será no padrão montado no local de instalação, pois nos 110, a bitola dos fios deverá ser maior como também os disjuntores.

- Lembrem-se que o medidor elétrico, o famoso "relógio de luz" mede o consumo pelos KW/h consumidos e não pela amperagem lá ligada! Se fosse assim, eu pagaria uns R$ 1.000,00/mês de luz pois tenho instalação para 200 amperes em três fases.

- Se alguém na prática estiver certo que há mesmo diferença no consumo mensal de luz nos 110 e 220, esteja certo que algo errado há com a sua instalação que geralmente é feita subdimensionada, com materiais de baixa qualidade, emendas e outras "tosqueiras" iguais.

Abraços.

Tudo relatado está correto. Apenas temos o fato de que quando estamos numa área onde a rede é normalmente de 127 Volts, a preferencia tem de ser por equipamentos para esta tensão pois para 220 temos de trabalhar com duas fases de 127 e mais um terra proprio. Só usamos equipamentos de 220 V quando estes só existem nesta tensão. É o caso dos condionadores de ar Split ou os de parede-janela a partir de 18000 BTU. Pretendo colocar um 18000 ou 21000 por aqui e já tive de fazer uma instalação fase-fase de 127 V, mais terra, para ter os 220 V - é um caso bem especifico. Todavia os outros ar, de 7500 e 10000 BTU,janela, uso de 127 V.Nunca uso Split em casa, face tanto o custo da instalação como pelo fato desta ter de ser bem feita, com vacuo, nitrogenio, etc.., alem do equipamento não ter o devido tempo para estar funcionando no periodo de 3 a 7 dias para troca pela loja- e se tiver de trocar, dentro do tempo, ainda teria de desmontar tudo.E só garantido por quem a industria autoriza a instalar.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Almeidão
Cachoeiro de Itapemirim - ES
Mensagem: #42
13/04/2017, 10:20

digital_scientist escreveu:
Almeidão escreveu:
Eu discordo plenamente, no caso de ser 220 pagar a metade, o mundo seria tudo 220, mas o preço seria o mesmo de 127 Principalmente aqui no Brasil. kakkakkakak

Bem, vamos aproveitar e perguntar. Qual é o aumento real de consumo em um transformador de 127 para 220?
Tenho isto na minha casa no ar condicionado e digamos que em 30 dias usando o ar, aumenta lá R$ 200,00 na energia. Quanto seria mais ou menos se eu tivesse duas fases e assim fazer 220?

Obrigado


Essa estória de 110 "gastar" mais que 220 é um grande mito, ou uma irrealidade...

- A verdade verdadeira mesmo é que, num imóvel novo ou aquele em que será refeito o sistema elétrico, é mais interessante optar pelos 220V pois nessa diferença de potencial podemos usar fios com bitolas menores, disjuntores de menor corrente, o que de fato economiza e muito ao montar esse sistema elétrico.

- A amperagem não influencia no consumo de energia senhores! O que favorece ou não o consumo é a potência dissipada pelo aparelho ligado na rede, sendo diretamente proporcional ao consumo, ou seja, quanto maior a potência, maior será o consumo.

- Um chuveiro elétrico com potência de 7.000W terá consumo igual se ligado nos 110 quanto em 220V na conta mensal. A diferença na prática será no padrão montado no local de instalação, pois nos 110, a bitola dos fios deverá ser maior como também os disjuntores.

- Lembrem-se que o medidor elétrico, o famoso "relógio de luz" mede o consumo pelos KW/h consumidos e não pela amperagem lá ligada! Se fosse assim, eu pagaria uns R$ 1.000,00/mês de luz pois tenho instalação para 200 amperes em três fases.

- Se alguém na prática estiver certo que há mesmo diferença no consumo mensal de luz nos 110 e 220, esteja certo que algo errado há com a sua instalação que geralmente é feita subdimensionada, com materiais de baixa qualidade, emendas e outras "tosqueiras" iguais.

Abraços.


Obrigado amigo, acho que você tirou uma dúvida minha que nem era tanto, mas que sempre se envolvemos depois de comentários que vemos e não temos como realizar teste para ter certeza. Eu também sempre achei que isto de que 220 é mais econômica como um mito. Na minha casa não existe fios amarrados todos são soldados, até os fios dos telefones e net são soldados para não ter perca. Isto sim deveriam fazer em todas as casas.

Sobre o ar, eu tinha um de 7.500 comum 110 no meu quarto, ele não era ruim e nunca deu problema em anos de uso, mas ele precisava ser ligado um bom tempo antes de ir dormir. Resolvi mudar para um Split e pensando que 7500 já não era ruim, então comprei um com 9000. Sábia decisão a minha, ligo ele e em minutos já está frio e é impossível dormir com ele no máximo sem edredom no maior verão possível que é aqui a noite em torno de 32 graus, e pela manhã 28 a 30. Coloquei o transformador em área externa e meti dois coolers nele para dar um refresco, eu mesmo fiz a instalação elétrica e o ar foi montado pelo vendedor para não perder a garantia e eu do lado para não dar nada errado e olha que prcebi que eles são fracos para montar, mas aceitaram minha ajuda e ideias.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #43
13/04/2017, 12:56

Almeidão escreveu:
digital_scientist escreveu:
Almeidão escreveu:
Eu discordo plenamente, no caso de ser 220 pagar a metade, o mundo seria tudo 220, mas o preço seria o mesmo de 127 Principalmente aqui no Brasil. kakkakkakak

Bem, vamos aproveitar e perguntar. Qual é o aumento real de consumo em um transformador de 127 para 220?
Tenho isto na minha casa no ar condicionado e digamos que em 30 dias usando o ar, aumenta lá R$ 200,00 na energia. Quanto seria mais ou menos se eu tivesse duas fases e assim fazer 220?

Obrigado


Essa estória de 110 "gastar" mais que 220 é um grande mito, ou uma irrealidade...

- A verdade verdadeira mesmo é que, num imóvel novo ou aquele em que será refeito o sistema elétrico, é mais interessante optar pelos 220V pois nessa diferença de potencial podemos usar fios com bitolas menores, disjuntores de menor corrente, o que de fato economiza e muito ao montar esse sistema elétrico.

- A amperagem não influencia no consumo de energia senhores! O que favorece ou não o consumo é a potência dissipada pelo aparelho ligado na rede, sendo diretamente proporcional ao consumo, ou seja, quanto maior a potência, maior será o consumo.

- Um chuveiro elétrico com potência de 7.000W terá consumo igual se ligado nos 110 quanto em 220V na conta mensal. A diferença na prática será no padrão montado no local de instalação, pois nos 110, a bitola dos fios deverá ser maior como também os disjuntores.

- Lembrem-se que o medidor elétrico, o famoso "relógio de luz" mede o consumo pelos KW/h consumidos e não pela amperagem lá ligada! Se fosse assim, eu pagaria uns R$ 1.000,00/mês de luz pois tenho instalação para 200 amperes em três fases.

- Se alguém na prática estiver certo que há mesmo diferença no consumo mensal de luz nos 110 e 220, esteja certo que algo errado há com a sua instalação que geralmente é feita subdimensionada, com materiais de baixa qualidade, emendas e outras "tosqueiras" iguais.

Abraços.


Obrigado amigo, acho que você tirou uma dúvida minha que nem era tanto, mas que sempre se envolvemos depois de comentários que vemos e não temos como realizar teste para ter certeza. Eu também sempre achei que isto de que 220 é mais econômica como um mito. Na minha casa não existe fios amarrados todos são soldados, até os fios dos telefones e net são soldados para não ter perca. Isto sim deveriam fazer em todas as casas.

Sobre o ar, eu tinha um de 7.500 comum 110 no meu quarto, ele não era ruim e nunca deu problema em anos de uso, mas ele precisava ser ligado um bom tempo antes de ir dormir. Resolvi mudar para um Split e pensando que 7500 já não era ruim, então comprei um com 9000. Sábia decisão a minha, ligo ele e em minutos já está frio e é impossível dormir com ele no máximo sem edredom no maior verão possível que é aqui a noite em torno de 32 graus, e pela manhã 28 a 30. Coloquei o transformador em área externa e meti dois coolers nele para dar um refresco, eu mesmo fiz a instalação elétrica e o ar foi montado pelo vendedor para não perder a garantia e eu do lado para não dar nada errado e olha que prcebi que eles são fracos para montar, mas aceitaram minha ajuda e ideias.

Só não é bom usar transformador 127/220 e ainda mais para equipamentos de maior potencia. O ideal é pedir a concessionária uma ligação BI FASICA aonde a rede é de 127 V. Tanto faz Split ou de janela, pois o que importa são os BTU e o posicionamento do de janela, o qual não deve ficar a menos de 2 m do chão. Split não uso face a instalação complexa e que se feita dentro do gabarito, com Vacuômetro e gás nitrogênio para limpeza, custa caro. Tambem não há tempo para testar entre a entrega , instalação e ligar, no caso dos Splits - prazo de troca loja de 3 dias ou em entrega em casa, de 7. E depois desmonte em caso de apresentar defeito(culpa do instalador ou do equipamento ?).Tanto que estou preparando aqui em casa o local para um 18 ou 21 mil BTU e vai ser um da serie Springer Silentia de parede/janela.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #44
13/04/2017, 14:08

Com relação a ar condicionado, é altamente recomendável fazer o cálculo da quantidade de BTUs necessários para resfriar o ambiente. Colocar um ar condicionado com menos BTUs do que o recomendado é pior, pois o aparelho ficará ligado o tempo todo, sem conseguir resfriar direito e ainda gastando mais energia e reduzindo a vida útil do equipamento. Uma forma de calcular muito utilizada é usar múltiplos de 600 como unidade. Por exemplo:

* Sala com 24 m²: 24*600 = 14.400
* Quantidade de pessoas na sala = 4: 4*600 = 2.400
* Quantidade de eletrodomésticos = 3: 3*600 = 1.800
* Quantidade de janelas = 2: 2*600 = 1.200
* Quantidade de paredes expostas ao Sol = 2: 2*600 = 1.200

Total = 21.000 BTUs.

Existem cálculos mais complexos, mas essa forma simples atende à maioria dos casos para instalações residenciais.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Almeidão
Cachoeiro de Itapemirim - ES
Mensagem: #45
13/04/2017, 14:23

mjorge escreveu:
Com relação a ar condicionado, é altamente recomendável fazer o cálculo da quantidade de BTUs necessários para resfriar o ambiente. Colocar um ar condicionado com menos BTUs do que o recomendado é pior, pois o aparelho ficará ligado o tempo todo, sem conseguir resfriar direito e ainda gastando mais energia e reduzindo a vida útil do equipamento. Uma forma de calcular muito utilizada é usar múltiplos de 600 como unidade. Por exemplo:

* Sala com 24 m²: 24*600 = 14.400
* Quantidade de pessoas na sala = 4: 4*600 = 2.400
* Quantidade de eletrodomésticos = 3: 3*600 = 1.800
* Quantidade de janelas = 2: 2*600 = 1.200
* Quantidade de paredes expostas ao Sol = 2: 2*600 = 1.200

Total = 21.000 BTUs.

Existem cálculos mais complexos, mas essa forma simples atende à maioria dos casos para instalações residenciais.


Meu quarto é para usar exatamente um de 9, eu podeira usar um de 12, mas optei por um de 9 mesmo, gostei do tamanho dele que é um charme especial e usando 22 graus ele desliga várias vezes e eu fico sentindo frio se não usar nada. Nem pensar usr o minimo.
Sim, também acho que usar o transformador de 127 para 220 não é uma boa ideia, mas é a unica que eu pude. Nem sei o que custa pra trocar o padrão e eu ter mais uma fase e nem sei se vale mesmo apena fazer isto.
Puxar um cabo até onde está o ar, pra mim é fácil demais e internamente.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #46
13/04/2017, 18:00

Almeidão escreveu:
mjorge escreveu:
Com relação a ar condicionado, é altamente recomendável fazer o cálculo da quantidade de BTUs necessários para resfriar o ambiente. Colocar um ar condicionado com menos BTUs do que o recomendado é pior, pois o aparelho ficará ligado o tempo todo, sem conseguir resfriar direito e ainda gastando mais energia e reduzindo a vida útil do equipamento. Uma forma de calcular muito utilizada é usar múltiplos de 600 como unidade. Por exemplo:

* Sala com 24 m²: 24*600 = 14.400
* Quantidade de pessoas na sala = 4: 4*600 = 2.400
* Quantidade de eletrodomésticos = 3: 3*600 = 1.800
* Quantidade de janelas = 2: 2*600 = 1.200
* Quantidade de paredes expostas ao Sol = 2: 2*600 = 1.200

Total = 21.000 BTUs.

Existem cálculos mais complexos, mas essa forma simples atende à maioria dos casos para instalações residenciais.


Meu quarto é para usar exatamente um de 9, eu podeira usar um de 12, mas optei por um de 9 mesmo, gostei do tamanho dele que é um charme especial e usando 22 graus ele desliga várias vezes e eu fico sentindo frio se não usar nada. Nem pensar usr o minimo.
Sim, também acho que usar o transformador de 127 para 220 não é uma boa ideia, mas é a unica que eu pude. Nem sei o que custa pra trocar o padrão e eu ter mais uma fase e nem sei se vale mesmo apena fazer isto.
Puxar um cabo até onde está o ar, pra mim é fácil demais e internamente.

Se o "Padrão" estiver bom e adequado a BI FASICO (não for poste especifico para monofasico), não há problemas. Basta uma caixa para medidor( e para o disjuntor bi polar), maior, que é o Bi Fasico, que a companhia não cobra(não cobra o medidor). Ela cobra Taxa de Instalação e mais o cabo que vai do medidor até a conexão na rede externa. O cliente compra a caixa do medidor e do disjuntor. Quanto aos 9 mil BTU e 22 graus, depende do tamanho do ambiente e temperatura externa. No Alto Verão do Rio de janeiro (JAN/FEV), não é possivel nem a um ar de 10 mil BTU, com uns 37 graus lá fora, baixar a menos de 26 graus- aliás é a diferença normal indicada nos manuais, variação entre 8 e 12 graus, dependendo da temperatura externa e do tamanho do ambiente - ambiente 4 X 3 m.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #47
13/04/2017, 19:21

Em um quarto com 12 m² coloquei um ar condicionado de 12.000 BTUs, pois só assim para resfriar bem aqui (sim, o Nordeste é muito quente). E o outro ar condicionado que tenho, de 22.000 BTUs, é para um quarto de 24 m² que uso como home office, biblioteca e sala multimídia (3 em 1 Very Happy ).

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Almeidão
Cachoeiro de Itapemirim - ES
Mensagem: #48
13/04/2017, 22:58

37 graus,hum. Aqui é 35 na madrugada, meu quarto é pequeno 11 metros quadrado e ficou perfeito o meu 9 mil. O calor parecido que senti longe daqui foi na Ilha do Governador, só tem um porém por se um buraco, não temos ventos e a noite não muda muito, só sai o sol.

SDs

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


digital_scientist
São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #49
14/04/2017, 00:38

HeitorPosada escreveu:
Almeidão escreveu:
digital_scientist escreveu:
Almeidão escreveu:
Eu discordo plenamente, no caso de ser 220 pagar a metade, o mundo seria tudo 220, mas o preço seria o mesmo de 127 Principalmente aqui no Brasil. kakkakkakak

Bem, vamos aproveitar e perguntar. Qual é o aumento real de consumo em um transformador de 127 para 220?
Tenho isto na minha casa no ar condicionado e digamos que em 30 dias usando o ar, aumenta lá R$ 200,00 na energia. Quanto seria mais ou menos se eu tivesse duas fases e assim fazer 220?

Obrigado


Essa estória de 110 "gastar" mais que 220 é um grande mito, ou uma irrealidade...

- A verdade verdadeira mesmo é que, num imóvel novo ou aquele em que será refeito o sistema elétrico, é mais interessante optar pelos 220V pois nessa diferença de potencial podemos usar fios com bitolas menores, disjuntores de menor corrente, o que de fato economiza e muito ao montar esse sistema elétrico.

- A amperagem não influencia no consumo de energia senhores! O que favorece ou não o consumo é a potência dissipada pelo aparelho ligado na rede, sendo diretamente proporcional ao consumo, ou seja, quanto maior a potência, maior será o consumo.

- Um chuveiro elétrico com potência de 7.000W terá consumo igual se ligado nos 110 quanto em 220V na conta mensal. A diferença na prática será no padrão montado no local de instalação, pois nos 110, a bitola dos fios deverá ser maior como também os disjuntores.

- Lembrem-se que o medidor elétrico, o famoso "relógio de luz" mede o consumo pelos KW/h consumidos e não pela amperagem lá ligada! Se fosse assim, eu pagaria uns R$ 1.000,00/mês de luz pois tenho instalação para 200 amperes em três fases.

- Se alguém na prática estiver certo que há mesmo diferença no consumo mensal de luz nos 110 e 220, esteja certo que algo errado há com a sua instalação que geralmente é feita subdimensionada, com materiais de baixa qualidade, emendas e outras "tosqueiras" iguais.

Abraços.


Obrigado amigo, acho que você tirou uma dúvida minha que nem era tanto, mas que sempre se envolvemos depois de comentários que vemos e não temos como realizar teste para ter certeza. Eu também sempre achei que isto de que 220 é mais econômica como um mito. Na minha casa não existe fios amarrados todos são soldados, até os fios dos telefones e net são soldados para não ter perca. Isto sim deveriam fazer em todas as casas.

Sobre o ar, eu tinha um de 7.500 comum 110 no meu quarto, ele não era ruim e nunca deu problema em anos de uso, mas ele precisava ser ligado um bom tempo antes de ir dormir. Resolvi mudar para um Split e pensando que 7500 já não era ruim, então comprei um com 9000. Sábia decisão a minha, ligo ele e em minutos já está frio e é impossível dormir com ele no máximo sem edredom no maior verão possível que é aqui a noite em torno de 32 graus, e pela manhã 28 a 30. Coloquei o transformador em área externa e meti dois coolers nele para dar um refresco, eu mesmo fiz a instalação elétrica e o ar foi montado pelo vendedor para não perder a garantia e eu do lado para não dar nada errado e olha que prcebi que eles são fracos para montar, mas aceitaram minha ajuda e ideias.

Só não é bom usar transformador 127/220 e ainda mais para equipamentos de maior potencia. O ideal é pedir a concessionária uma ligação BI FASICA aonde a rede é de 127 V. Tanto faz Split ou de janela, pois o que importa são os BTU e o posicionamento do de janela, o qual não deve ficar a menos de 2 m do chão. Split não uso face a instalação complexa e que se feita dentro do gabarito, com Vacuômetro e gás nitrogênio para limpeza, custa caro. Tambem não há tempo para testar entre a entrega , instalação e ligar, no caso dos Splits - prazo de troca loja de 3 dias ou em entrega em casa, de 7. E depois desmonte em caso de apresentar defeito(culpa do instalador ou do equipamento ?).Tanto que estou preparando aqui em casa o local para um 18 ou 21 mil BTU e vai ser um da serie Springer Silentia de parede/janela.


Só um detalhe:

- Uso de transformador é sempre a última solução pois o próprio transformador consome energia ao fazer o serviço dele e portanto, pode acrescentar uns Watts a mais, independentemente se é 220-> 110 ou o oposto!

- E nem sempre pedir ligação bifásica resulta em 110V, como é o caso aqui de São João da Boa Vista nos bairros em que a rede é 230/340V. A não ser que se faça uma gambiarra...

- O melhor mesmo é adequar os aparelhos que temos à tensão que tem disponível. Se o local é só 110, então devemos usar só aparelhos que trabalhem nessa voltagem. Com exceção dos eletrônicos que podem ser adaptados trocando-se a fonte de alimentação etc, os demais é melhor tentar vender ou trocar por um na voltagem certa. Isso vale, especialmente, para quem mora de aluguel.

- Para quem tem casa própria e na possibilidade, é bom tentar adequar o sistema elétrico ou os aparelhos, conforme a condição financeira e outros fatores.

Nunca é fácil...

Abraços.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #50
14/04/2017, 01:39

Se a tensão for de 127 V, uma ligação bifásica vai fazer com que a tensão seja de 220 V (127*√3), podendo ligar equipamentos 220 V tranquilamente, sem uso de transformador Wink .

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #51
14/04/2017, 14:41

mjorge escreveu:
Se a tensão for de 127 V, uma ligação bifásica vai fazer com que a tensão seja de 220 V (127*√3), podendo ligar equipamentos 220 V tranquilamente, sem uso de transformador Wink .

De fato, parece que os ar Split já nasceram todos em 220 V e certamente se mirou a questão da FASE-FASE 127 + 127 = 220 V. Já os até 12000 BTU janela ,tem 127 ou 220 V.Hoje em dia só casas e apartamentos muito populares vem com ligação Monofasica 127 V. Parece uma das regras da "Tarifa Baixa Renda", alem da limitação dos kW/mês.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


digital_scientist
São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #52
14/04/2017, 16:19

HeitorPosada escreveu:
mjorge escreveu:
Se a tensão for de 127 V, uma ligação bifásica vai fazer com que a tensão seja de 220 V (127*√3), podendo ligar equipamentos 220 V tranquilamente, sem uso de transformador Wink .

De fato, parece que os ar Split já nasceram todos em 220 V e certamente se mirou a questão da FASE-FASE 127 + 127 = 220 V. Já os até 12000 BTU janela ,tem 127 ou 220 V.Hoje em dia só casas e apartamentos muito populares vem com ligação Monofasica 127 V. Parece uma das regras da "Tarifa Baixa Renda", alem da limitação dos kW/mês.


Sou obrigado a concordar com isso!

- O único "split" que eu tenho em casa é 110, porém importado.

- É a indústria e os distribuidores fazendo a sua "lei" contra nós consumidores....

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #53
15/04/2017, 07:44

digital_scientist escreveu:
HeitorPosada escreveu:
mjorge escreveu:
Se a tensão for de 127 V, uma ligação bifásica vai fazer com que a tensão seja de 220 V (127*√3), podendo ligar equipamentos 220 V tranquilamente, sem uso de transformador Wink .

De fato, parece que os ar Split já nasceram todos em 220 V e certamente se mirou a questão da FASE-FASE 127 + 127 = 220 V. Já os até 12000 BTU janela ,tem 127 ou 220 V.Hoje em dia só casas e apartamentos muito populares vem com ligação Monofasica 127 V. Parece uma das regras da "Tarifa Baixa Renda", alem da limitação dos kW/mês.


Sou obrigado a concordar com isso!

- O único "split" que eu tenho em casa é 110, porém importado.

- É a indústria e os distribuidores fazendo a sua "lei" contra nós consumidores....

Ar Splt foi criado para ser um mini central, substituindo sistemas de AR Central, notadamente os de menores portes. Todavia a massiva publicidade e do modo como parte do publico é induzido pela publicidade, esses Splits conseguiram invadir casas e
apartamentos comuns. Depois o pessoal que já tem experiencia com tais equipamentos, viu o problema: Instalação cara, quando dentro dos gabaritos ou até improvisadas (pessoal treinado, uso de vácuo e nitrogênio); falta de portabilidade de um ponto a outro da casa ou outro lugar; desmonte tambem por tecnico e ferramentas proprias; estouro dos prazos de trocas por lojas ,que ficam entre 3 a 7 dias pois é dificil instala-los nesse prazo; depois de instalados e com problemas, culpar a quem: instalador ou o equipamento ? Por isso, sempre fiquei e fico cm os ar de janela/parede e no caso 127 V porque a rede aqui é com essa tensão, apesar de eu ter Bi Fasico. Pretendo colocar um ar de 18 ou 21 mil BTU e já preparei as instalações pois estes só com 220V. E sera um de janela/parede Springer Silentia 18 ou 21 mil - nada de Splits. Os ar de parede/janela já vem processados e lacrados de ambiente de fabricação, com os melhores equipamentos e tudo feito pelo proprio fabricante. E voce testa na hora, até na loja se for o caso.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


digital_scientist
São João da Boa Vista - SP
br.gif
Mensagem: #54
15/04/2017, 18:15

HeitorPosada escreveu:
digital_scientist escreveu:
HeitorPosada escreveu:
mjorge escreveu:
Se a tensão for de 127 V, uma ligação bifásica vai fazer com que a tensão seja de 220 V (127*√3), podendo ligar equipamentos 220 V tranquilamente, sem uso de transformador Wink .

De fato, parece que os ar Split já nasceram todos em 220 V e certamente se mirou a questão da FASE-FASE 127 + 127 = 220 V. Já os até 12000 BTU janela ,tem 127 ou 220 V.Hoje em dia só casas e apartamentos muito populares vem com ligação Monofasica 127 V. Parece uma das regras da "Tarifa Baixa Renda", alem da limitação dos kW/mês.


Sou obrigado a concordar com isso!

- O único "split" que eu tenho em casa é 110, porém importado.

- É a indústria e os distribuidores fazendo a sua "lei" contra nós consumidores....

Ar Splt foi criado para ser um mini central, substituindo sistemas de AR Central, notadamente os de menores portes. Todavia a massiva publicidade e do modo como parte do publico é induzido pela publicidade, esses Splits conseguiram invadir casas e
apartamentos comuns. Depois o pessoal que já tem experiencia com tais equipamentos, viu o problema: Instalação cara, quando dentro dos gabaritos ou até improvisadas (pessoal treinado, uso de vácuo e nitrogênio); falta de portabilidade de um ponto a outro da casa ou outro lugar; desmonte tambem por tecnico e ferramentas proprias; estouro dos prazos de trocas por lojas ,que ficam entre 3 a 7 dias pois é dificil instala-los nesse prazo; depois de instalados e com problemas, culpar a quem: instalador ou o equipamento ? Por isso, sempre fiquei e fico cm os ar de janela/parede e no caso 127 V porque a rede aqui é com essa tensão, apesar de eu ter Bi Fasico. Pretendo colocar um ar de 18 ou 21 mil BTU e já preparei as instalações pois estes só com 220V. E sera um de janela/parede Springer Silentia 18 ou 21 mil - nada de Splits. Os ar de parede/janela já vem processados e lacrados de ambiente de fabricação, com os melhores equipamentos e tudo feito pelo proprio fabricante. E voce testa na hora, até na loja se for o caso.


Para resumir esse assunto de Ar-condicionado.

- O split tem a vantagem de não ter que quebrar um pedaço da parede para instalar e só. O aparelho em si faz perder a beleza da fachada de qualquer imóvel com aquele trambolho pendurado do lado de fora.
- Na época que comprei esse aqui, um amigo que mora no exterior, me disse que por lá havia uma promoção desses aparelhos e me consultou se eu não queria um. Mesmo com o imposto de importação e o frete de fora, ficou mais barato ter importado um. Hoje, ar split, nem pensar.

- E ainda tenho meus dois que foram me deixados de herança, um GE e um Admiral, de parede que estão instalados e funcionando. Muito antigos...

- E voltando ao assunto principal, gostaria de saber se alguém tem algum aparelho importado qualquer e que possa nos mostrar o plugue de tomada original para, quem sabe, dentro do tema, fazer uma discussão sobre um comparativo dos padrões estrangeiros com o nosso.

Abraços.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Kwsat
São Domingos do Norte - Espírito Santo
br.gif
Mensagem: #55
15/04/2017, 20:59

Apesar dos custo de manutenção e instalação dos modelos de ar split (a meu ver, as principais desvantagens), eles são mais eficientes do ponto de vista energético e de refrigeração. Refiro-me especialmente aos modelos inverter. Nesse tipo de aparelho não há os incômodos liga/desliga do compressor (instantes em que há picos de consumo de eletricidade e comumente oscilação de tensão). Pelo que percebi, o compressor liga uma vez e controla a rotação aumentando-a ou reduzindo-a conforme a demanda do ambiente refrigerado.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #56
16/04/2017, 07:15

A instalação dos modelos de parede é muito mais fácil, pois basta colocá-lo no suporte e fazer a instalação elétrica. Porém, existem dois problemas: o buraco enorme que deve ser feito na parede e o fato de que eles pararam no tempo. Muitos modelos nem têm controle remoto! Além disso, até agora não vi nenhum modelo de parede com inverter, tecnologia que ajuda bastante na economia de energia.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #57
16/04/2017, 13:10

Nos Splits há aquele furo (menor é logico), por onde os instaladores passam as tubulações, fios e dreno. E sempre é dito para prestar atenção, pois mesmo para distancias maximas de 3 m é recomendado limpeza com nitrogênio e vácuo, na tubulação - não só abrir o gás que vem no equipamento. E se mais de 3 metros tem de aplicar mais gás e em em quantidades e tipo certos. Segundo se menciona, muitos instaladores que cobram as vezes barato (uma pessoa me disse que lhe cobraram 150 reais), não usam vacuo e nitrogenio quando até 3 metros entre as partes. Como eu disse, inventaram esses Splits foi para substituir mini centrais. Quando trabalhei numa sala de radar aeronautico de aeroporto pequeno, tinha a sala da chefia, da secretaria, dos tecnicos e a sala dos operadores de radar em sí. Todavia tinha uma maquina de ar central numa sala-deposito( esta sem refrigeração) ,que para funcionar usava agua vinda da caixa d'água da construção terrea.Na epoca esse radar funcionava das 07:00 as 19:00. Eu quando chegava de manhã, as vezes não encontrava água na caixa. Tinha de acionar o sistema do aeroporto, que as vezes até trazia um mini carro pipa. Sem refrigeração não se podia ligar as telas (tem de trabalhar no maximo até 22 graus - elas até desligam automaticamente se passar disso). Portanto, eram ambientes hoje propicios a Splits, que na epoca não existiam. Grandes supermercados usam varios Splits ao invés de sistema central. Já o rendimento e consumo são os mesmos, para o mesmo BTU, temperatura, tamanhho do ambiente, influenciando a altura da saida do ar frio. Hoje temos ar de janela/parede com controle remoto, nos varios modelos e modelos até 30 mil BTU, de varios fabricantes. Eu não gosto de controle remoto para esses aparelhos, pois é algo a mais para dar defeito e complicar.Algumas opiniões de especialistas(não de leigos), na Internet, são contra o Inverter - não me lembro seus motivos ( e bem mais caros).Aqui só uso de janela/parede, mesmo que sejam de 18 mil ou mais BTUs.
Alguns escritorios, consultorios, etc., com salas divisorias internas, podem não ter local adequado para ar de parede/janela.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Página 3 de 3 Pág. Anterior  1, 2, 3
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

    Get Adobe Flash player

  • Anuncie aqui
  • Anuncie aqui
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br