SatClube Fórum Patrocinado Por



Responder tópico
Multiponto comum alcançando a banda planejada(4.5@4.8GHz)
Você está no fórum Satélite
Pág. Anterior  1, 2, 3

HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #41
16/04/2017, 18:29

Para mexer nesses equipamentos é preciso ter um minimo conhecimento de eletronica basica e manipulação de ferro de soldar comum (tem os equipamentos para circuitos miniaturas tipo SMD e aí complica). Não pode ser totalmente leigo, como num video do You Tube onde uma pessoa fazia uma alteração numa lampada LED e se referia a um resistor como "este componente aqui". Ou seja, sequer sabe identificar componentes basicos num circuito, pela simples visualização, bem como seus valores, que no caso de resistores costuma ser por codigo de cores. Há valores de forma indireta,em capacitores, como 100 significando 10pF( as vezes não indica se pF ou nF) . E tambem saber as grandezas utilizadas, como os Farads dos capacitores e resistencias dos resistores. Mesmo com a Internet, o pessoal não procura se esclarecer antes de mexer em equipamentos eletronicos e acaba como o sujeito que para "fazer 220 Volts" juntou as duas fases de 127 que tinha em casa e deu um senhor estouro de curto-circuito. Sem falar nos que tiravam da tomada um televisor " de tubo" recem ligado e de imediato acabavam colocando a mão na parte dos circuitos de Alta Tensão de milhares de Volts( ou mesmo nos onde passam 100 ou 300 Volts), sem saber dos capacitores que armazenam por certo tempo nestes.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Hiperbólico
Ribeirão pires - Sp
Mensagem: #42
16/04/2017, 21:59

Qual a necessidade dessa alteração no lnbf ? Tenho 8 satélite banda c e. Ainda não vi nenhum canal acima de 41... Assim como nunca vi nenhum canal abaixo de 36....E olha q eu tenho vários lnbfs de 3.4 a 4.2 sendo 3 instalados todos ekotech

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Jamis
Beberibe - Ceará
br.gif
Mensagem: #43
16/04/2017, 23:44

Hiperbólico escreveu:
Qual a necessidade dessa alteração no lnbf ? Tenho 8 satélite banda c e. Ainda não vi nenhum canal acima de 41... Assim como nunca vi nenhum canal abaixo de 36....E olha q eu tenho vários lnbfs de 3.4 a 4.2 sendo 3 instalados todos ekotech


http://www.portalbsd.com.br/satelite_canais.php?sat=W65&id=254

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Hiperbólico
Ribeirão pires - Sp
Mensagem: #44
17/04/2017, 07:26

Jamis escreveu:
Hiperbólico escreveu:
Qual a necessidade dessa alteração no lnbf ? Tenho 8 satélite banda c e. Ainda não vi nenhum canal acima de 41... Assim como nunca vi nenhum canal abaixo de 36....E olha q eu tenho vários lnbfs de 3.4 a 4.2 sendo 3 instalados todos ekotech


http://www.portalbsd.com.br/satelite_canais.php?sat=W65&id=254
Tirando esse tal de Speedcast o resto é resto isso é. Se é q ele alguma coisa q presta. O fato de ser 4k não quer dizer nada. Não adianta o canal ser 4k/8k se a programação é uma M... Tipo TV câmara/senado etc....Ou de língua chinesa/ japonesa/ árabe etc.... esse tipo de banda estendida dificilmente será realidade ainda + q a parabólica no Brasil tá cada vez + em desuso.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #45
17/04/2017, 17:52

A alteração vale como experimentação e pesquisa. De fato, tenho acesso a varios satélites que as vezes fico meses sem passar por alguns deles - não por canais dentro deles e sim pelos proprios satelites.Um dia desses o amigo aqui perto perguntou se eu estava recebendo o Hispasat pois sumira para ele. Fui ver e estava ok - não passava peo Hispasat há varios meses e tenho uma 60 cm e uma 1,5m nele. O amigo mexera no poste da antena( de 90 cm) e no LNB e por isso saira fora (ele entende pouco de ajustes).

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Hiperbólico
Ribeirão pires - Sp
Mensagem: #46
17/04/2017, 18:51

HeitorPosada escreveu:
A alteração vale como experimentação e pesquisa. De fato, tenho acesso a varios satélites que as vezes fico meses sem passar por alguns deles - não por canais dentro deles e sim pelos proprios satelites.Um dia desses o amigo aqui perto perguntou se eu estava recebendo o Hispasat pois sumira para ele. Fui ver e estava ok - não passava peo Hispasat há varios meses e tenho uma 60 cm e uma 1,5m nele. O amigo mexera no poste da antena( de 90 cm) e no LNB e por isso saira fora (ele entende pouco de ajustes).
acredito q não vai haver canais acima de 4199 nem abaixo de 3600. Também gosto de me aventurar no mundo da eletrônica fazendo gambiarra e. Uma coisa q realmente seria útil e tentar aumentar o ganho dos lnbfs mas. Acho q deve ser impossível. Eu tenho 8 satélites banda C e só um ku e. Estou sempre passando por eles porque a maioria são satélites bem diferentes c/ + opções como IS14/IS34/IS11/21/C12/e SES6 porque C2/C3 já cansei quando quero ver esses canais assisto em UHF tô pensando até em desativar

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


johnnydicrinson
Teresina - Piaui
br.gif
Mensagem: #47
17/05/2017, 22:01




Amigos tenho esse LNB da Cromus e gostaria de deixar lo em banda planejada alguma solução? Esta aí a placa. Fico grato!

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


johnnydicrinson
Teresina - Piaui
br.gif
Mensagem: #48
17/05/2017, 22:12

J. Roger escreveu:
Como eu tinha prometido lá no tópico do C1, http://www.satclube.com.br/forumbsd/viewtopic.php?t=9658&postdays=0&postorder=asc&start=2327
estou criando este para comentarmos um pouco sobre os testes que estou fazendo para que um LNBF multiponto comum possa alcançar frequências mais altas da banda C , a chamada "banda planejada" que vai de 4,5 a 4,8GHz, mesmo que seja apenas parcialmente.

Inicialmente quero ressaltar que não sou engenheiro de telecomunicações, nem técnico e nem profissional da área, então é possível que haja (e certamente haverá algumas) falhas de interpretação, nomeclatura, e talvez até na forma de tentar explicar, mas caso alguém perceba algumas destas falhas, sinta-se à vontade para criticar ou mesmo corrigir, pois a gente aprende com erros e com críticas também...

O assunto é um pouco complexo e amplo, então peço paciência aos amigos que vierem a interagir neste tópico, pois se houverem questionamentos ou dúvidas, as respostas podem ser um pouco demoradas, porque estou tentando ilustrar com imagens e fotos a parte prática do que foi feito, na intenção de facilitar o entendimento.

Acho que para nós leigos, o entendimento ficará mais fácil se iniciarmos com o lembrete de alguns conceitos básicos, que muitos já conhecem, mas que não custa lembrar.
São eles:
1º) Nossos receptores sintonizam apenas uma faixa de frequências com largura total de 1200MHz , que vai de 950MHz até 2150MHz, na chamada "banda L". Então como recebemos sinais da banda C (3,6@4,2GHz) e da banda Ku(10,7@12,75GHz) ???

2º) Os LNBFs é que sintonizam as frequências altas (banda C ou Ku) a as convertem em frequências mais baixas, dentro da banda L , entre 950 e 2150MHz, para que nossos receptores possam "enxergá-las".

3º) Nesta conversão, os LNBFs usam o fenômeno do batimento, onde dois sinais de frequências diferentes são "misturadas" entre si resultando num terceiro sinal de frequência mais baixa, com frequência igual à diferença entre as duas frequências iniciais. Assim o sinal de frequência alta que vem do satélite, ao entrar no LNBF é amplificado e misturado com um sinal fixo gerado no oscilador local (LO) dentro do LNBF e a resultante da diferença destas duas frequências "cai" dentro da banda L (entre 950 a 2150MHz) quando poderá ser sintonizado pelo tuner do receptor.
Na banda C a frequência do oscilador local é sempre maior que o sinal a receber, e a diferença será o sinal real que o receptor vai receber.
Ex: no monoponto só temos um oscilador local com frequência em 5150MHz, então, ao sintonizar um canal no início da banda C, como 3625MHz por exemplo, a frequência real que chegará no receptor será 1525MHz, pois 5150-3625=1525. Mas ao sintonizar um canal lá no final da banda C, por exemplo em 4198MHz, a frequência real que chega no receptor será 952MHz, pois 5150-4198=952 , portanto, bem no início da faixa de sintonia.

Curiosamente percebemos que a banda L neste sistema é como se fosse a imagem invertida da banda C, e quanto mais se aumenta a frequência na banda C mais abaixa a frequência na banda L, até o limite de 950MHz. Por isto o limite superior da banda C normal é 4200MHz, pois 5150-4200=950. Se subíssem mais (sem alterar a LO de 5150) a resultante cairia abaixo de 950MHz e não poderia ser sintonizada pelos nossos receptores.
Por isto para frequências mais altas que 4200MHz é necessário outra LO também mais alta que 5150.

No caso da banda planejada, optou-se por usar um LNB com LO=5950 , pois assim o início da faixa alta que é 4500 seria "refletido" lá em 1450MHz [5950-4500=1450] , portanto quase no meio da banda L. Já o limite superior que é 4800MHz cai em 1150MHz [5950-4800=1150] então a faixa de sintonia seria de 1150 @ 1450MHz , bem no meio da banda L, e com a mesma largura de faixa (300MHz) que a banda original.

E se utilizarmos LO=5750 (200MHz a menos que 5950), já que 5750 é um valor comum prá nós, presente nos multipontos?
Neste caso o início da banda planejada (4500MHz) iria ficar com 200MHz à menos do que com o LNB próprio, batendo lá em 1250MHz, contra 1450MHz do LNB próprio. Já o final da faixa seria em 950MHz pois 5750-4800=950 , e ainda estaria dentro da faixa sintonizada pelos nossos receptores. Logo, teoricamente, a banda planejada ficaria no intervalo de 950 a 1250MHz, e portanto dentro da faixa acessível pelos nossos receptores. Então é só usar o LO=5750 (existente nos multipontos) que a banda
planejada ainda vai "bater" dentro da banda L.

Acontece que encontramos um probleminha sério... os multipontos tem uma configuração diferente dos monopontos que é o seguinte: funcionam com os dois osciladores locais ao mesmo tempo, quer dizer que tanto o 5150 quanto o 5750 trabalham simultaneamente, um no horizontal e outro no vertical. Assim a nossa faixa inicial da banda L que receberia a banda planejada (de 950 a 1250MHz) estará recebendo também frequências da banda C normal (polarização H) de 3900 a 4200MHz, então nesta faixa (950@1250) vai misturar as duas faixas (3900@4200 com 4500@4800) e bagunçar tudo. A solução então seria desligar o oscilador de 5150, deixando só o oscilador de 5750.

È agora que vamos sair da teoria e entrar na prática.

Para testar esta teoria encontrei um LNBF multiponto Gardiner (usado e com mais de 5 anos) e comecei a estudar sua constituição interna prá ver se era possível a modificação. Algumas informações encontrei na internet mesmo e outras eu deduzi sozinho, talvez com alguns erros, pois como disse no início, não sou profissional da área, então me perdoem se houver interpretações erradas, porém o objetivo aqui é apenas descrever as mudanças que foram feitas caso alguém mais queira tentar algo parecido, e não dar aula de eletrônica sobre LNBFs.

Então, se eu queria desligar o oscilador de 5150MHz precisava descobrir como.

Aí entra o reconhecimento de algumas partes do LNBF do teste, conforme a imagem abaixo. Do lado esquerdo o LNBF sem alterações e do lado direito a identificação dos setores por cores para facilitar o entendimento. Nosso objetivo então seria desligar o oscilador 5150 e talvez todos os circuitos ligados a ele, todos em vermelho.







Nos próximos posts tentarei descrever exatamente os pontos onde foram feitas as mudanças, mas já adianto que foram basicamente duas:
- desligar o oscilador 5150 e seus circuitos (em vermelho)
- isolar o filtro passa faixa vertical(amarelo) que supostamente estava atenuando as frequências desejadas e fazer um "jumper" entre o ponto 6 e 7. O outro filtro (Horizontal, em vermelho) já fora desligado junto com o restante do circuito da horizontal.

Neste ponto ressalto que temos consiência de que estes filtros e outros circuitos sintonizados são necessários para corrigir desvios e melhorar o ganho em determinadas faixas, mas em frequências tão elevadas não temos como alterá-los sem recursos de um laboratório, logo optamos pelo tudo ou nada, e ao desligar estes filtros as frequências procuradas apareceram, então foi uma forma precária de evitar a sua rejeição, já que não dá para reajustá-los conforme a nova faixa de frequências pretendida.
Também a questão do jumper em frequências tão altas (na casa dos gigaherts) é algo muito tosco e deve ser evitado. Portanto, há erros grosseiros aqui também, mas o objetivo inicial era apenas testar a teoria de que era possível ou não alcançar a frequência alvo com um LNBF comum e popular. A questão da eficiência e ganho de sinal é outro nível a ser discutido posteriormente, se conseguimos evoluir no entendimento das questões importantes relacionadas aqui, coisa difícil quando se é apenas hobysta, curioso, fuçador, ou sei lá o quê ...
Rolling Eyes



Poderia me ajudar amigo.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


J. Roger
Varginha - MG
br.gif
Mensagem: #49
18/05/2017, 00:31
Colaborador Canais

johnnydicrinson escreveu:



Amigos tenho esse LNB da Cromus e gostaria de deixar lo em banda planejada alguma solução? Esta aí a placa. Fico grato!


Este LNBF está funcionando normal?

A foto tá um tanto escura, então não dá prá afirmar com certeza, mas a primeira vista nos pareceu que tem vários pontos de oxidação no circuito e nas blindagens dos osciladores, então, não parece estar em boas condições.
Também não posso afirmar com certeza quais seriam as modificações necessárias pois há algumas diferenças com relação aos outros modelos que já testei, e algumas trilhas importantes não estão muito visíveis nesta foto.

De qualquer forma, em todas as adaptações mostradas até aqui, o primeiro passo sempre é desligar o oscilador horizontal (LO=5150) que, a julgar pela semelhança com outras placas, deve estar no setor compreendido pela área demarcada na imagem abaixo.
Tem que achar a trilha que leva alimentação prá este setor(naõ está muito nítida na foto inicial) e interrompê-la, e assim deixar livre a subfaixa da banda L, que é onde o sinal da banda alta deve aparecer(entre 950 e 1250MHz) após sofrer a conversão no oscilador vertical (LO=5750).

Este seria o primeiro passo, e após isto faz-se os primeiros testes(scans ou busca cega) sempre com o receptor programado para multiponto (5150/5750) e verifica se aparecem os canais da banda alta. Se aparecerem serão mostrados pelo receptor na polarização H e com 600MHz à menos que a frequência real.
Caso não apareçam as frequências altas, aí é preciso estudar quais os filtros estão atenuando o sinal para tentar um jumper, mas esta é a parte mais difícil...



Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


johnnydicrinson
Teresina - Piaui
br.gif
Mensagem: #50
18/05/2017, 12:55

J. Roger escreveu:
johnnydicrinson escreveu:



Amigos tenho esse LNB da Cromus e gostaria de deixar lo em banda planejada alguma solução? Esta aí a placa. Fico grato!


Este LNBF está funcionando normal?

A foto tá um tanto escura, então não dá prá afirmar com certeza, mas a primeira vista nos pareceu que tem vários pontos de oxidação no circuito e nas blindagens dos osciladores, então, não parece estar em boas condições.
Também não posso afirmar com certeza quais seriam as modificações necessárias pois há algumas diferenças com relação aos outros modelos que já testei, e algumas trilhas importantes não estão muito visíveis nesta foto.

De qualquer forma, em todas as adaptações mostradas até aqui, o primeiro passo sempre é desligar o oscilador horizontal (LO=5150) que, a julgar pela semelhança com outras placas, deve estar no setor compreendido pela área demarcada na imagem abaixo.
Tem que achar a trilha que leva alimentação prá este setor(naõ está muito nítida na foto inicial) e interrompê-la, e assim deixar livre a subfaixa da banda L, que é onde o sinal da banda alta deve aparecer(entre 950 e 1250MHz) após sofrer a conversão no oscilador vertical (LO=5750).

Este seria o primeiro passo, e após isto faz-se os primeiros testes(scans ou busca cega) sempre com o receptor programado para multiponto (5150/5750) e verifica se aparecem os canais da banda alta. Se aparecerem serão mostrados pelo receptor na polarização H e com 600MHz à menos que a frequência real.
Caso não apareçam as frequências altas, aí é preciso estudar quais os filtros estão atenuando o sinal para tentar um jumper, mas esta é a parte mais difícil...







Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Página 3 de 3 Pág. Anterior  1, 2, 3
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

    Get Adobe Flash player

  • Anuncie aqui
  • Anuncie aqui
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br