SatClube Fórum Patrocinado Por



Responder tópico
SATÉLITE SES 10 - FUTURO EM 67.0º W prev. lanç. 27/03/2017
Você está no fórum Satélite

Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #1
01/09/2016, 08:25
Administrador

SES 10


DADOS:

PREVISÃO DE LANÇAMENTO: 31-Oct-2016
Local: Cabo Canaveral



Com 50 transponders em banda Ku de alta potência para fornecer excelente cobertura do Golfo do México, servir à língua espanhola na América do Sul em um único feixe, e oferecer uma cobertura completa do Brasil com a capacidade de suportar a exploração de petróleo e gás ao largo da costa do Brasil.
Ele irá substituir a capacidade atualmente assegurada pela da SES AMC-3 e AMC-4 satélites naquele local, bem como trazer uma capacidade adicional para o México, América Central, América do Sul e Caribe.
Os feixes de alta potência, adaptados e flexíveis irá fornecer serviços de radiodifusão, empresas e mobilidade direct-to-home.

Satélite SES-10 será colocado em órbita pelo foguete Falcon 9 da SpaceX

A maior operadora de satélites será a primeira empresa do mundo a lançar um satélite geoestacionário em um foguete reutilizável no quarto trimestre de 2016

LUXEMBURGO e HAWTHORNE (Califórnia) - (BUSINESS WIRE) - A SES (Euronext Paris e bolsa de valores de Luxemburgo: SESG) e a SpaceX anunciaram hoje que chegaram a um acordo para o foguete Falcon 9 colocar o SES-10 em órbita.

O satélite, que estará em uma órbita geoestacionária e expandirá a capacidade da SES em toda a América Latina, tem o seu lançamento agendado para o 4º trimestre de 2016. O SES-10 será o primeiro satélite a ser conduzido por um foguete reutilizável desenvolvido pela SpaceX.

O SES-10 será posicionado a 67 graus oeste, conforme acordo com a comunidade dos países andinos (Bolívia, Colômbia, Equador e Peru), e será usado para a rede de satélite Simón Bolivar 2. Com uma carga útil de banda Ku de 55 transponders (equivalentes a 36MHz), dos quais 27 são incrementais, o veículo espacial multitarefas é o primeiro satélite da SES totalmente dedicado à América Latina. Ele irá substituir a capacidade atualmente fornecida pelos satélites AMC-3 e AMC-4 da SES nessa região, além de fornecer uma capacidade adicional para a América Central, América do Sul, México e Caribe. Os feixes flexíveis de alta potência estão adaptados para fornecer transmissões diretas para residências e empresas, assim como serviços de conectividade de banda larga.

“Após ser a primeira operadora comercial de satélites a realizar um lançamento com a SpaceX em 2013, estamos animados em voltar a ser o primeiro cliente a embarcar na primeira missão da SpaceX a usar um foguete reutilizável. Acreditamos que este tipo de nave vai inaugurar uma nova era do voo espacial e tornar o acesso ao espaço mais eficiente em termos de custo e gerenciamento”, disse Martin Halliwell, diretor de Tecnologia da SES. “Este novo acordo alcançado mais uma vez com a SpaceX ilustra a fé que temos na sua especialização técnica e operacional. A diligência que a equipe tem demonstrado ao longo da concepção e teste do veículo de lançamento da missão SES-10 nos dá plena confiança de que a SpaceX é capaz de enviar ao espaço o nosso primeiro satélite da SES dedicado à América Latina”.

“O relançamento de um foguete que já colocou um veículo espacial em órbita é um marco importante no caminho para a reutilização rápida e completa”, afirmou Gwynne Shotwell, presidente e CEO da SpaceX. “A SES tem representado, ao longo dos anos, um forte apoio à abordagem de reutilização da SpaceX e estamos muito satisfeitos que o primeiro lançamento de um foguete desse tipo levará o satélite SES-10.”

O SES-10 está sendo construído pela Airbus Defence and Space e é baseado na plataforma do Eurostar E3000. O satélite irá utilizar um sistema de propulsão de plasma elétrico para manobras em órbita e um sistema químico para a entrada inicial na órbita e algumas manobras em órbita.

Terça, 30 Agosto 2016 16:32 Escrito por Edelman

FONTE: http://www.segs.com.br/demais/31584-satelite-ses-10-sera-colocado-em-orbita-pelo-foguete-falcon-9-da-spacex.html

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #2
01/09/2016, 08:57

O primeiro ponto positivo é que é um satélite só Ku, pelo exposto. Europa e Asia exploram largamente a banda "Ku" para Tv, o que não ocorre para a America Latina, sendo a rarissima exceção o Hispasat - isso em materia de televisão.Alem disso tera sinais muito fortes sobre o Brasil, notadamente na metade do País em relação ao Atlântico. Agora, vamos ver se aparecerão Tvs abertas. "Ku" com Tv aberta no Brasil é "tabu" - ou faltam canais ou as Tvs desconhecem seu potencial, apesar de poderem ver o que ocorre numa Europa e Asia. Mesmo as igrejas, avidas por Tvs, desconhecem o potencial "Ku" para Tv direta ao publico e nenhuma delas aluga um canal, notadamente em DVB S MPEG2, para chegarem direto ao publico e com receptores baratos .Elas, que adoram vender materiais aos fiéis, até ganhariam algum vendendo kits parabolica 60 cm, LNB e receptor DVB S MPEG2.A unica religião que tentou isso foi a Tv CEI espirita, no Estrela do Sul, mas sózinha e não com a quantidade de arrecadação de uma igreja evangelica, não aguentou os custos - mas alguem por lá teve a visão do alcance "Ku" no direto ao publico.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


candrealmeida
Fortaleza - CE
Mensagem: #3
01/09/2016, 13:00

Principalmente por ser morador do Nordeste, onde a TV FTA internacional via banda Ku não existe, Eu torço para que esse satélite tenha alguns canais nessas condições.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


J. Roger
Varginha - MG
br.gif
Mensagem: #4
01/09/2016, 21:08
Colaborador Canais

Este mesmo foguete [Falcon9] explodiu hoje durante testes na plataforma de lançamento, destruindo o "Amos6" um satélite israelense. Agora certamente haverá mudanças no calendário inicialmente previsto, e tudo terá de ser replanejado...

FONTE: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/09/explosao-em-plataforma-da-spacex-destruiu-foguete-e-satelite-israelense.html

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #5
01/09/2016, 21:37
Administrador

candrealmeida escreveu:
Principalmente por ser morador do Nordeste, onde a TV FTA internacional via banda Ku não existe, Eu torço para que esse satélite tenha alguns canais nessas condições.


Para o Brasil terá cobertura na exploração de petróleo e gás ao largo da costa do Brasil.
Deve ser para empresas de exploração de petróleo.
Demais Ku para outros países da Américas do Sul, Central e parte do Norte.

Abs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


candrealmeida
Fortaleza - CE
Mensagem: #6
01/09/2016, 22:36

Crispim, apesar de ser esta a finalidade inicial ainda me resta um fio de esperança, rs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


danielfcaraujo
Recife - Pernambuco
Mensagem: #7
01/09/2016, 23:50

candrealmeida escreveu:
Principalmente por ser morador do Nordeste, onde a TV FTA internacional via banda Ku não existe, Eu torço para que esse satélite tenha alguns canais nessas condições.


O Amazonas Ku tem canais internacionais FTA e o Telstar 14R tem a RTPi de Portugal com sinal forte aqui em Pernambuco. Também tem muita gente com apontamento para o Hispasat.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


candrealmeida
Fortaleza - CE
Mensagem: #8
02/09/2016, 13:15

danielfcaraujo escreveu:
candrealmeida escreveu:
Principalmente por ser morador do Nordeste, onde a TV FTA internacional via banda Ku não existe, Eu torço para que esse satélite tenha alguns canais nessas condições.


O Amazonas Ku tem canais internacionais FTA e o Telstar 14R tem a RTPi de Portugal com sinal forte aqui em Pernambuco. Também tem muita gente com apontamento para o Hispasat.


De fato, conheço os canais do Amazonas e do 14R, Acho fracos, a que vale mais a pena é a RTP. Hispasat aqui em Fortaleza só com antena acima de 1,5m e só entra uma TP, daí considero que não existe. Em relação aos companheiros do Sul/Sudeste e Centro Oeste, ainda temos poucas opções.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #9
11/09/2016, 06:26

O problema é que a Ku para o Brasil nunca redundou em nada, em teledifusão aberta. Entram novos Ku e nada - só para DTH e dados, conforme o C3, que só tem a TV E RS. E agora esses SES 10 a 67 W, com cobertura Brasil. Vamos ver só: DTH e dados; nada de TVs abertas, conforme ocorre no Hemisferio Norte. O proprio ABS3 tem um otimo foco Ku - Brasil e, apesar da baixa inclinação, nada de Ku Brasil aparece por lá !Nem as igrejas , que adoram canais de TV, veem o potencial de canais proprios em Ku, para atingir diretamente seus fieis, até com venda de kits por eles mesmos.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Andre Camargo
Itu - SP
br.gif
Mensagem: #10
11/09/2016, 09:26
Colaborador Canais

Mas concordemos que vai ser difícil mudar algo que começou a se estabelecer nos longínquos anos 80, que é a formação desse parque imenso de mais de 20 milhões de antenas de banda C.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #11
11/09/2016, 11:19

Entre os anos 80 e 90, muitas emissoras de TV na Europa se instalaram em Banda Ku, voltadas especialmente para o leste europeu (com o fim da União Soviética, surgiu um mercado consumidor imenso, mas sem dinheiro para bancar canais pagos). Por isso, muitas emissoras passaram a transmitir FTA na Europa em Banda Ku, o que gerou uma cultura forte de canais abertos em banda Ku por lá.

Já aqui no Brasil, a Banda C (especificamente na posição 70° W, a posição do atual Star One C2) ficou forte. Desde meados dos anos 80, as principais emissoras abertas passaram a transmitir via satélite no antigo Brasilsat A2 (1986-1994), o que gerou toda uma cultura sobre a Banda C que dura até hoje.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #12
11/09/2016, 12:32

É, é dificil quebrar esse "encanto" contra canais FTA em Ku, no Brasil. O exemplo é o recente C4, apesar deste ter sido alvo da propria Embratel como reforço a Claro DTH. E tem a Ku do C3, abandonada pelas Tvs a exceção da TV E RS. A esperança é pequena nesse SES10 que vai subir para os 67 W ,só com Ku e com foco Brasil.Parece que as empresas apostam muito na Ku, subindo satélites só com tal segmento.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


candrealmeida
Fortaleza - CE
Mensagem: #13
11/09/2016, 13:24

Realmente é difícil acabar com a cultura da banda C no Brasil, principalmente quando se vê ainda perdurar a situação dos analógicos. Um satélite como esse ou o 29E, que tem feixes fortes e localizados, seria ideal para o Sat Hd regional ou outro sistema desse tipo com folgas. É um absurdo esses kits "abertos" das DTHs e suas condições abusivas,equipamentos caros e que sequer aceitam diseqc ou outros satélites. Além disso o sinal nem aberto é, é codificado como todos sabem, e das que eu vi a qualidade de imagem é péssima, um verdadeiro desrespeito.
Quanto aos problemas técnicos que muitos justificam como impeditivos para a utilização da banda Ku, eu raramente tive problemas com chuva forte utilizando antenas de 90cm, e sabemos que na Europa vários países possuem condições climáticas bem piores do que as nossas e nem por isso se deixa de usar essa faixa de frequências.
Como o Heitor falou, acredito que essa falta de popularidade também seja por pura falta de conhecimento das emissoras em questão de praticidade e alcance.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #14
13/10/2016, 08:15
Administrador

Segue calendário de lançamento para Q4/2016 (Site SES http://www.ses.com/17804715/ses-10 ) e no Satbeams 31/10/2016.

Abs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


HeitorPosada
Araruama - RJ
br.gif
Mensagem: #15
13/10/2016, 13:52

É, por mais que apareçam disponibilidades Ku sobre o Brasil, praticamente não há Tvs FTA. Nem mesmo as igrejas enxergam o potencial Ku para terem seus canais proprios e atingirem facilmente seus fieis, usando parabolas pequenas de baixo custo e se em DVB S MPEG2, com receptores ultra baratos.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


VISITANTE 10102016
Vitoria Da Conquista - Bahia
Mensagem: #16
14/10/2016, 16:15

!
Comunicado da Moderação:

[EDITADO PELA MODERAÇÃO - FAVOR NÃO POSTAR SOBRE TEMA DIFERENTE DO TÓPICO]


Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


candrealmeida
Fortaleza - CE
Mensagem: #17
30/10/2016, 12:48

Lançamento adiado para Q1-2017, devido ao incidente com o Falcon.
http://www.ses.com/17804715/ses-10

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #18
29/11/2016, 15:18
Administrador

SES-10

Data: Q1 - 2017 (datas de lançamento a ser confirmado após o regresso ao vôo da SpaceX)

Posição Orbital: 67 ° W

Veículo de Lançamento: Falcon 9

- See more at: http://www.ses.com/4233127/upcoming-launches#sthash.79lGoFis.dpuf



Abs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


Francisco Crispim
Itajaí - SC
br.gif
Mensagem: #19
16/03/2017, 12:05
Administrador

Satélite Nome: SES 10
Status: planejado
Posição: 67 ° W (67 ° W)
Operador: SES SA
Data de lançamento: 27-Mar-2017 (estimado)
Decolagem: Cape Canaveral LC-39A
veículo Lançamento: foguete: Falcon 9 FT (local de pouso: OCISLY )
Massa de lançamento (kg): 5300
Massa seca (kg):
Fabricante: EADS Astrium
Modelo (ônibus): Eurostar-3000
Órbita: GEO
Vida útil esperada: 15+ anos.


Detalhes:
50 transponders de Ku-Band de alta potência para fornecer excelente cobertura do Golfo do México, servir a América do Sul de fala espanhola em uma única viga e oferecer cobertura completa do Brasil com a capacidade de suportar exploração de petróleo e gás nas margens do Brasil. Ele vai substituir a capacidade atualmente fornecida pelos satélites AMC-3 e AMC-4 da SES nessa localidade, além de trazer capacidade adicional para o México, América Central, América do Sul e Caribe. As vigas de alta potência, personalizadas e flexíveis fornecerão serviços de radiodifusão direta para casa, de empresa e de mobilidade.

Feixes:
Ku-band Brasil feixe (previsto)
Faixa Ku feixe América Central (previsto)
Faixa Ku sul-americano feixe (previsto)


Abs.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário Visitar o website do usuário MSN Messenger


Página 1 de 1
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

    Get Adobe Flash player

  • Anuncie aqui
  • Anuncie aqui
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br