SatClube Fórum Patrocinado Por



Responder tópico
TV Digital Terrestre - Novidades, Cobertura, antenas .......
Você está no fórum Satélite
Pág. 1, 2, 3 ... 20, 21, 22  Próximo

GotardI
Jundiaí - SP
br.gif
Mensagem: #1
09/03/2014, 14:33

Como sabemos, desde 2007 o Brasil deu a largada para a implantação do Sinal Digital aberto, sendo São Paulo contemplada com o sinal das principais emissoras e Redes de Televisão, meses depois o sinal Digital entrou no ar no Rio de Janeiro, e em seguida demais Capitais e regiões metropolitanas.

O governo divulgou cronogramas e estipulou prazos que gradualmente iriam até 2016 finalizar o processo, e colocando fim as transmissões analógicas. No entanto, com problemas burocráticos, custos para as emissoras e também problemas técnicos como a falta de espaço no espectro para acomodar canais analógicos e digitais em regiões já congestionadas, como ocorre nas regiões metropolitanas, surgiu a necessidade da liberação de uma preciosa faixa para as emissoras: os 700Mhz, correspondendo a perca dos canais 52 ao 69 UHF para a Telefonia implantar o 4G.

Diante dessa realidade irreversível, corre nos bastidores grande movimentação por parte do Ministério das Comunicações, Anatel, Entidades que representam as emissoras de TV, telefonia, além de engenheiros e técnicos. Está por vir uma mudança radical no plano de distribuição de canais, sejam digitais ou ainda analógicos, e que terá grande impacto na maneira que vem sendo conduzida até então a lenta e deficiente cobertura do sinal digital.

Abro que esse tópico para discussão dos problemas, soluções, cobertura de sinal, interferências e tudo relacionado a TV Digital Aberta, servindo como troca de informações e feedback entre antenistas, emissoras de TV, fabricantes de equipamentos de recepção e transmissão, técnicos e engenheiros e pessoas que gostam, assim como o Satélite, de saber tudo sobre o assunto TV Digital Terrestre.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


rosamelo
Adamantina - São Paulo
br.gif
Mensagem: #2
09/03/2014, 14:45

As torres de TV digital terrestre ficam 54 km em linha reta donde eu moro, prá pegar TV digital terrestre tive que fazer o seguinte, para a principal emissora terrestre parar de congelar:

- por antena UHF compridinha (log periódica)
- improvisar aumento da altura do cano da antena de 5 prá 7 metros de altura;
- por booster de 26 dB (só UHF);
- por cabo RG 6 de 95% de malha;



Obs.: Prás demais grandes emissoras em HD e SD, o ideal apontar antena parabólica pro satélite C2, B4, C1, C3.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


IgorSl
São Luís - Maranhão
br.gif
Mensagem: #3
09/03/2014, 17:50

A TV Digital no Brasil é uma decepção, não progrediu da forma que se esperava, muita interferência e sinal fraco nas regiões onde já possui o sinal, regiões que não se sabe quando se terá o sinal de alguma emissora só existe analógico, regiões progridem a expansão rápida, quanto outras em menor força. Falta muito para ficar próximo do ideal.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


GotardI
Jundiaí - SP
br.gif
Mensagem: #4
09/03/2014, 19:27

rosamelo escreveu:
As torres de TV digital terrestre ficam 54 km em linha reta donde eu moro, prá pegar TV digital terrestre tive que fazer o seguinte, para a principal emissora terrestre parar de congelar:

- por antena UHF compridinha (log periódica)
- improvisar aumento da altura do cano da antena de 5 prá 7 metros de altura;
- por booster de 26 dB (só UHF);
- por cabo RG 6 de 95% de malha;


Olá rosamelo,

Minha condição de recepção é similar a sua, em relação a distância dos transmissores da Capital e minha localização, em Jundiaí. Além disso, estou situado em um local baixo e com prédios nas proximidades. Aqui em Jundiaí temos uma Torre onde estão todas as emissoras locais, porém em digital somente está no ar a Rede Vida HD e TV Tem HD. No entanto, com uma antena Banda IV, Booster 26db Thevear, cabo RG-6 90% de malha e com a antena a 10mts do chão, consigo sintonizar com perfeição vários canais da Capita,. como Globo SP, Mux Cultura, Record HD, Abril HD, Top TV HD, Rede 21. Outros canais tenho algumas dificuldades, devido canais locais que estão na mesma frequência e ocorrem muitas interferências. Aliás, estou na região onde existe o maior congestionamento de sinais, que compreende a Grande SP e Campinas, havendo aqui muitas interferências devido a falta de canais disponíveis.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


GotardI
Jundiaí - SP
br.gif
Mensagem: #5
09/03/2014, 19:36

IgorSl escreveu:
A TV Digital no Brasil é uma decepção, não progrediu da forma que se esperava, muita interferência e sinal fraco nas regiões onde já possui o sinal, regiões que não se sabe quando se terá o sinal de alguma emissora só existe analógico, regiões progridem a expansão rápida, quanto outras em menor força. Falta muito para ficar próximo do ideal.


Olá Igor,

Concordo quanto a deficiência na expansão do sinal, especialmente no interior do país, onde mesmo o sinal analógico ainda é deficiente. Esse é um forte motivo para a força que as parabólicas ainda são preferência ou única alternativa.
Mas, também vejo problemas nas grandes cidades, onde já existe canais digitais disponíveis e noto que o povo de forma geral precisa de mais esclarecimentos quanto ao assunto, inclusive antenistas e lojistas.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


Martins
Campo alegre de Goiás - Goiás
br.gif
Mensagem: #6
09/03/2014, 19:53

rosamelo escreveu:
As torres de TV digital terrestre ficam 54 km em linha reta donde eu moro, prá pegar TV digital terrestre tive que fazer o seguinte, para a principal emissora terrestre parar de congelar:

- por antena UHF compridinha (log periódica)
- improvisar aumento da altura do cano da antena de 5 prá 7 metros de altura;
- por booster de 26 dB (só UHF);
- por cabo RG 6 de 95% de malha;



Obs.: Prás demais grandes emissoras em HD e SD, o ideal apontar antena parabólica pro satélite C2, B4, C1, C3.


Rosamelo e colegas do portal, Estou há 70km da cidade que possui o sinal digital da toda poderosa, acredito que fica a uns 60 km em linha reta, será que o que você fêz aí conseguirei captar o sinal. Não sei a potência da torre de transmissão, só sei que ela mede 100 mts de altura e estou em uma localidade mais alta que a cidade que transmite o sinal.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


IgorSl
São Luís - Maranhão
br.gif
Mensagem: #7
09/03/2014, 20:07

a unica cidade que progride o sinal digital é são paulo por causa das principais redes falta é espaço, nas outras capitais a história é outra a oferta é menor, menos opções, poucos canais ou só um canal, sinal fraco deficiente, se falou muito nos benefícios na época pra pouco progresso, muitos testes rigorosos, pra na primeira interferência o sinal ser bloqueado e ser inexistente nas regiões mais distantes das sedes das emissoras.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


GotardI
Jundiaí - SP
br.gif
Mensagem: #8
09/03/2014, 20:10

Abaixo, Fotos da antena que sintonizo os canais digitais da capital. Notem que existem prédios nas proximidades que atrapalham na recepção:





Abaixo, videos lá um pouco antigos mas que mostram como é a recepção de sinal:

Clique PLAY para assistir ao vídeo



Clique PLAY para assistir ao vídeo



Aqui, Primeira Transmissão em caráter de Testes da TV TEM, afiliada Globo:

Clique PLAY para assistir ao vídeo



Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


rosamelo
Adamantina - São Paulo
br.gif
Mensagem: #9
09/03/2014, 21:53

Martins escreveu:
rosamelo escreveu:
As torres de TV digital terrestre ficam 54 km em linha reta donde eu moro, prá pegar TV digital terrestre tive que fazer o seguinte, para a principal emissora terrestre parar de congelar:

- por antena UHF compridinha (log periódica)
- improvisar aumento da altura do cano da antena de 5 prá 7 metros de altura;
- por booster de 26 dB (só UHF);
- por cabo RG 6 de 95% de malha;



Obs.: Prás demais grandes emissoras em HD e SD, o ideal apontar antena parabólica pro satélite C2, B4, C1, C3.


Rosamelo e colegas do portal, Estou há 70km da cidade que possui o sinal digital da toda poderosa, acredito que fica a uns 60 km em linha reta, será que o que você fêz aí conseguirei captar o sinal. Não sei a potência da torre de transmissão, só sei que ela mede 100 mts de altura e estou em uma localidade mais alta que a cidade que transmite o sinal.


Martins,

O sinal da Globo digital de Pres. Prudente (TV Fronteira) que eu capto à 54 km em linha reta, o transmissor tem 3.000 Watts de potência;

A potência da Globo da sua região eu não sei te dizer. O técnico da TV Fronteira, falou que em cidades de 30.000 habitantes eles usarão transmissores de TV digital de 300 watts (10% do valor da potência de Pres. Prudente, que tem 200.000 habitantes).

Martins, prá tirar a dúvida, você tem testar nesta ordem de ações (a primeira é mais importante , do que a segunda, etc.):
1º)- aumentar a altura do cano da antena;
2º)- por antena UHF nova (pode ser até aquelas que lembram uma grelha);
3º)- Apontar a antena UHF na direção da torre transmissora do sinal de TV digital da sua região
4º)- usar cabos RG 6;
5º)- por o booster de 26 dB (só UHF).

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


rosamelo
Adamantina - São Paulo
br.gif
Mensagem: #10
09/03/2014, 22:02

GotardI escreveu:
rosamelo escreveu:
As torres de TV digital terrestre ficam 54 km em linha reta donde eu moro, prá pegar TV digital terrestre tive que fazer o seguinte, para a principal emissora terrestre parar de congelar:

- por antena UHF compridinha (log periódica)
- improvisar aumento da altura do cano da antena de 5 prá 7 metros de altura;
- por booster de 26 dB (só UHF);
- por cabo RG 6 de 95% de malha;


Olá rosamelo,

Minha condição de recepção é similar a sua, em relação a distância dos transmissores da Capital e minha localização, em Jundiaí. Além disso, estou situado em um local baixo e com prédios nas proximidades. Aqui em Jundiaí temos uma Torre onde estão todas as emissoras locais, porém em digital somente está no ar a Rede Vida HD e TV Tem HD. No entanto, com uma antena Banda IV, Booster 26db Thevear, cabo RG-6 90% de malha e com a antena a 10mts do chão, consigo sintonizar com perfeição vários canais da Capita,. como Globo SP, Mux Cultura, Record HD, Abril HD, Top TV HD, Rede 21. Outros canais tenho algumas dificuldades, devido canais locais que estão na mesma frequência e ocorrem muitas interferências. Aliás, estou na região onde existe o maior congestionamento de sinais, que compreende a Grande SP e Campinas, havendo aqui muitas interferências devido a falta de canais disponíveis.




- por antena UHF compridinha (log periódica)
- improvisar aumento da altura do cano da antena de 5 prá 7 metros de altura;
- por booster de 26 dB (só UHF);
- por cabo RG 6 de 95% de malha;



Obs.: Prás demais grandes emissoras em HD e SD, o ideal apontar antena parabólica pro satélite C2, B4, C1, C3.[/quote]

Rosamelo e colegas do portal, Estou há 70km da cidade que possui o sinal digital da toda poderosa, acredito que fica a uns 60 km em linha reta, será que o que você fêz aí conseguirei captar o sinal. Não sei a potência da torre de transmissão, só sei que ela mede 100 mts de altura e estou em uma localidade mais alta que a cidade que transmite o sinal.[/quote]

Gotardi,

Moro no meio de encosta (área de sombra de sinal). Só que a região do oeste paulista é tipo planalto, não tendo serras, como você tem aí em Jundiaí (Japi, Cantareira) no meio do caminho até São Paulo. Acredito que os transmissores de TV digital de São Paulo sejam os mais potentes do Brasil.
Os transmissores da Globo digital de Pres. Prudente (TV Fronteira) que eu capto à 54 km em linha reta, tem 3.000 Watts de potência; Futuramente o técnico da TV Fronteira, falou que em cidades de 30.000 habitantes eles usarão transmissores de TV digital de 300 watts (10% do valor da potência de Pres. Prudente, que tem 200.000 habitantes).

O que nos aborrece é lerdeza prá expandir o sinal de TV digital terrestre pelo interior do Brasil. O único jeito prá ter TV digital no interior, é improvisar antena UHF, apontar antena parabólica pro satélite e/ou assinar TV paga.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


+ antenado
São Paulo - SP
br.gif
Mensagem: #11
10/03/2014, 12:28

O negócio é o seguinte....se fosse fácil, óbvio, que já estaria implantado para todo o lado.
Se nem mesmo isso ocorre na Grande São Paulo...imagine pelo país afora. Recentemente, fui procurado por um conhecido que reside no extremo leste dessa cidade.
E afirmou que possui TVs digitais na sua residência mas sem obter os sinais das emissoras instaladas nessa cidade. E queria uma solução. Indiquei uma determinada marca e modelo de antena. Pois bem. Acabou adquirindo uma outra marca e modelo, aparentemente superior a indicada por mim.
E a surpresa...segundo ele....nem assim resolveu a tal questão. (acabou doando para uma outra pessoa que reside aqui perto de casa )
Portanto, problemas existem.
Só que tem um detalhe em que a maioria, diria, uns 99% da população desconhece: com o surgimento da TV digital as emissoras de TVs estão faturando mais?
Muito pelo contrário. Muito dessas emissoras acabaram envolvendo-se em financiamentos para essa tal migração. Para as grandes redes de TVs talvez o impacto possa ser menor, talvez.
Já para as emissoras de porte médio e pequenas o problema, óbvio, seja maior.
O que estou querendo dizer? Com a utilização do sistema analógico e digital, simultaneamente,óbvio que as despesas também aumentaram. (além dos gastos na implantação do novo formato)
Mas...a conta disso ficou,exclusivamente, para as emissoras de TVs.(equipamentos de captação, produção, exibição, transmissão etc...no novo formato)
Pergunto: e qual o anunciante, que pelo fato da sua mensagem, do seu comercial, estar sendo exibido, simultaneamente em dois modos, analógico e digital, queira pagar mais por isso?
Ou seja...os valores continuam os mesmos. Não é porque o comercial foi para o digital que o cliente, pacificamente, aceitará pagar mais por isso.

Portanto, a questão é mesmo econômica.

Aliás, no dia de ontem, li um artigo aonde informam que a ordem, em praticamente todas as emissoras de TV, seja economizar, cortar gastos.

E com isso, podem ter a certeza, que nem aquele ultimo prazo previsto irá acabar ocorrendo.

Vamos aguardar.

P.S. alguns anos antes da implantação da TV Digital, um dia, batendo papo com um engenheiro do segmento de transmissão e recepção de sinais via satélite, afirmou que a tal implantação seria bem problemática, por uma simples razão: quem é que iria pagar a conta? Segundo aquele profissional...algumas das emissoras de TVs, instaladas em determinadas regiões do país já passavam por muitas dificuldades e portanto os problemas poderiam agravar-se ainda mais com a tal migração.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


digital_scientist
-
Mensagem: #12
10/03/2014, 14:24
Visitante

+ antenado escreveu:
O negócio é o seguinte....se fosse fácil, óbvio, que já estaria implantado para todo o lado.
Se nem mesmo isso ocorre na Grande São Paulo...imagine pelo país afora. Recentemente, fui procurado por um conhecido que reside no extremo leste dessa cidade.
E afirmou que possui TVs digitais na sua residência mas sem obter os sinais das emissoras instaladas nessa cidade. E queria uma solução. Indiquei uma determinada marca e modelo de antena. Pois bem. Acabou adquirindo uma outra marca e modelo, aparentemente superior a indicada por mim.
E a surpresa...segundo ele....nem assim resolveu a tal questão. (acabou doando para uma outra pessoa que reside aqui perto de casa )
Portanto, problemas existem.
Só que tem um detalhe em que a maioria, diria, uns 99% da população desconhece: com o surgimento da TV digital as emissoras de TVs estão faturando mais?
Muito pelo contrário. Muito dessas emissoras acabaram envolvendo-se em financiamentos para essa tal migração. Para as grandes redes de TVs talvez o impacto possa ser menor, talvez.
Já para as emissoras de porte médio e pequenas o problema, óbvio, seja maior.
O que estou querendo dizer? Com a utilização do sistema analógico e digital, simultaneamente,óbvio que as despesas também aumentaram. (além dos gastos na implantação do novo formato)
Mas...a conta disso ficou,exclusivamente, para as emissoras de TVs.(equipamentos de captação, produção, exibição, transmissão etc...no novo formato)
Pergunto: e qual o anunciante, que pelo fato da sua mensagem, do seu comercial, estar sendo exibido, simultaneamente em dois modos, analógico e digital, queira pagar mais por isso?
Ou seja...os valores continuam os mesmos. Não é porque o comercial foi para o digital que o cliente, pacificamente, aceitará pagar mais por isso.

Portanto, a questão é mesmo econômica.

Aliás, no dia de ontem, li um artigo aonde informam que a ordem, em praticamente todas as emissoras de TV, seja economizar, cortar gastos.

E com isso, podem ter a certeza, que nem aquele ultimo prazo previsto irá acabar ocorrendo.

Vamos aguardar.

P.S. alguns anos antes da implantação da TV Digital, um dia, batendo papo com um engenheiro do segmento de transmissão e recepção de sinais via satélite, afirmou que a tal implantação seria bem problemática, por uma simples razão: quem é que iria pagar a conta? Segundo aquele profissional...algumas das emissoras de TVs, instaladas em determinadas regiões do país já passavam por muitas dificuldades e portanto os problemas poderiam agravar-se ainda mais com a tal migração.


Excelente análise meu amigo!!

- Isso aí que nosso colega +Antenado disse serve para aqueles que só reclamam que não tem sinal HD aqui, lá ou acolá.
- E vejam que isso ocorre na transmissão terrestre, que em teoria, seria mais barata ou talvez prática que a transmissão via satélite. Parece que não existe satisfação do simples fato de poder sintonizar um canal de TV com imagem plena, bonita de cores, contraste e livre de ruídos.
- Em outros tópicos, alguns reclamam que tal canal migrou para DVB-S2 e não está em HD, aliás, HD pra quê? Imagem não é nada sem conteúdo. Como é que querem sinal HD terrestre ou via Sat sendo que a emissora já tem um elevado custo para manter dois sistemas no ar e como é que sobra verba para fazer programação? Óbvio dizer que me refiro às emissoras de menor porte, mas as de grande, não estão lá aquelas coisas também!
- A migração do digital vai ser do jeitinho brasileiro mesmo. Sinal digital vai ter em várias regiões, mas recebe-lo vai ser outra história!

Abraços!

Responder com citação


camargo1028
Paraguaçu Paulista - São Paulo
br.gif
Mensagem: #13
10/03/2014, 15:58

aqui onde moro eu pego o sinal da rede vida, de uma cidade vizinha que fica a 40 km de distancia. Mas a Tv Tem, já instalou todo o equipamento na torre de transmissão e só falta a autorização do ministério para poder funcionar e também já está autorizado o sbt e rede vida.
Eu acho o seguinte, aqui no oeste paulista é tudo plano, não exsite serras e montanhas, porque não colocar esses transmissores nas cidades maiores, com um potencia maior e pegariam nas cidades menores.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Pedro Henryk
Maranguape - Ceará
br.gif
Mensagem: #14
10/03/2014, 16:30

Olá Pessoal, aqui onde moro Itapebussú-CE fica em torno de 65 Km das torres de transmissão de TV mais próximas na capital Fortaleza.

Equipamento que uso:
-Antena UHF EQ45
-Altura 5 metros;
-Tv Led 32 polegadas

Canais digitais na região que consigo captar:

Tv Verdes Mares 10.1(GLOBO) / TV Cidade 8.1 (Record) / TV Jangadeiro (BAND)12.1 / Tv União 17.1 / Rede Vida 46.1, Tv Aparecida 38.1 / Tv Ceará 5.1 (REDE BRASIL) / Rede TV 2.1 / Rede TV 3D 2.2 / Tv Camara 61.1 / Tv Senado 61.2 / Tv Assembleia 61.3 / Tv Fortaleza 61.4 .


OBS: O SBT ja foi Digital HD quando tinha como filial a Tv Jangadeiro, mas desde 01/04/2013 a Jangadeiro transmite a BAND na região.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


mjorge
Palmeira dos Índios - Alagoas
br.gif
Mensagem: #15
10/03/2014, 16:49

Também acho que esse prazo para o "apagão analógico" em 2018 não será cumprido. Atualmente, muitas cidades no Brasil não tem um canal analógico sequer! Então, se em mais de 40 anos, as principais emissoras nacionais não conseguiram universalizar seus sinais pelo Brasil, imagina agora que terão que fazer altos investimentos logo em momentos de "vacas magras". Ou seja, em 2018, se o "apagão analógico" realmente ocorrer, muitas cidades ficarão no "escuro", pois não terão retransmissoras digitais nessas cidades até lá.

Aqui no meu Estado, apenas na capital, Maceió, é que há canais digitais terrestres no momento. E, segundo contato que tive com a área técnica da TV Gazeta de Alagoas (afiliada da Globo), eles estão planejando ativar o sinal digital apenas em quatro cidades do interior (Arapiraca, Palmeira dos Índios, Penedo e Santana do Ipanema) a tempo para a copa. No entanto, só obtiveram autorização para a instalação da retransmissora em Penedo até o momento. E, nas demais emissoras daqui do Estado, nada! Nenhuma delas divulgou planos de expansão do sinal digital para o interior.

Então, a situação no demais Estados das regiões Norte/Nordeste é parecida com essa que expus no parágrafo acima: sinal digital terrestre, apenas para as capitais e poucas cidades do interior, e só.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


+ antenado
São Paulo - SP
br.gif
Mensagem: #16
10/03/2014, 17:02

Li algum tempo, em algum lugar...e não sei se ficou apenas na teoria. ( e não na prática )

Ocorreria assim. (ou deveria ocorrer, sei lá )

Num local já com um transmissor analógico, para com o digital seriam 20 vezes menos a potência utilizada pelo analógico. Ou seja, se num local utilizam num transmissor analógico uma potência de 60, no digital seriam apenas 3.
E se estiver enganado, por favor, desnecessário dizer, corrijam, ok? Grato.


P.S. e em cidades (região ) com população acima dos 100 mil óbvio que o interesse das emissoras sejam maiores, apesar das dificuldades já comentadas anteriormente, em algumas das localidades,...abaixo disso...já fica um pouco mais complicado.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


carlos bazerque
Bagé - rs
br.gif
Mensagem: #17
10/03/2014, 18:24

+ antenado escreveu:
Li algum tempo, em algum lugar...e não sei se ficou apenas na teoria. ( e não na prática )

Ocorreria assim. (ou deveria ocorrer, sei lá )

Num local já com um transmissor analógico, para com o digital seriam 20 vezes menos a potência utilizada pelo analógico. Ou seja, se num local utilizam num transmissor analógico uma potência de 60, no digital seriam apenas 3.
E se estiver enganado, por favor, desnecessário dizer, corrijam, ok? Grato.


P.S. e em cidades (região ) com população acima dos 100 mil óbvio que o interesse das emissoras sejam maiores, apesar das dificuldades já comentadas anteriormente, em algumas das localidades,...abaixo disso...já fica um pouco mais complicado.


Putz, então estamos lascados, aqui em Bagé-rs a RBS TV tem 1Kw, o digital vai ter 50watts, nem com banda de música pra pegar o sinal digital.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


IgorSl
São Luís - Maranhão
br.gif
Mensagem: #18
10/03/2014, 20:04

o sinal via satélite tem menos custos e seria mais viável, mas o governo investiu somente no terrestre o satélite é quase clandestino, foi deixado de lado poucas emissoras investem porque inclusive o governo nem liga, se percebe pela pouca variedade de canais HD via parabólica, a ideia do HD sat foi da band e rede tv, ainda tem a questão de proteção das afiliadas terrestres por algumas emissoras e que deixa o sinal via satélite quase morto nessa situação. Então a realidade é essa o digital terrestre vai demorar muito tempo pra evoluir e muitas regiões nem se sabe se terá sinal digital.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


delima
SÃO GONÇALO - RJ
br.gif
Mensagem: #19
10/03/2014, 21:50

Cada dia me convenço mais da realidade da declaração de um gerente nacional de vendas da Visiontec há uns 10 anos atráz."sinal digital terrestre implantado em todo o territorio Brasileiro especialmente no interiorzão...só bem para dentro da decada de 2020 e olhe lá."

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário


rosamelo
Adamantina - São Paulo
br.gif
Mensagem: #20
10/03/2014, 21:58

delima escreveu:
Cada dia me convenço mais da realidade da declaração de um gerente nacional de vendas da Visiontec há uns 10 anos atráz."sinal digital terrestre implantado em todo o territorio Brasileiro especialmente no interiorzão...só bem para dentro da decada de 2020 e olhe lá."


O Engenheiro da Globo Fernando Bittencourt, disse que no Brasil não haverá solução homogênea para implantação da TV digital. Cada um terá que se virar prá captar TV digital, seja na antena UHF (improvisada), na parabólica telada ou nas anteninhas Ku das TVs de assinatura ou FTA.

Enviar mensagem privada Responder com citação Exibir o perfil do usuário MSN Messenger


Página 1 de 22 Pág. 1, 2, 3 ... 20, 21, 22  Próximo
As mensagens publicadas são de responsabilidade de seus autores

Publicidade

  • E-Shop Satélite Crispim
  • Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

    Get Adobe Flash player

  • Anuncie aqui
  • Anuncie aqui
Desenvolvido por Danilo Rodrigues


BSD SHOP - Radio BSD - BSD TV
Contato - Atualizar Satélite - Atualizar Canais Terrestre
Fone: (11) 4526-6791 | E-mail: contato@portalbsd.com.br